Mudanças entre as edições de "Modelo de troca de riqueza por agentes"

De Física Computacional
Ir para: navegação, pesquisa
(Criou página com ''''Grupo: Bernardo Boatini, Murilo Kessler Azambuja e Natália Ferrazzo''' A física estatística, em particular a teoria cinética dos gases, fornece uma estrutura útil par...')
 
(Introdução)
 
(Uma revisão intermediária pelo mesmo usuário não estão sendo mostradas)
Linha 1: Linha 1:
 
'''Grupo: Bernardo Boatini, Murilo Kessler Azambuja e Natália Ferrazzo'''
 
'''Grupo: Bernardo Boatini, Murilo Kessler Azambuja e Natália Ferrazzo'''
  
A física estatística, em particular a teoria cinética dos gases, fornece uma estrutura útil para descrever a complexidade das interações de mercado. Como um sistema físico composto de muitas partículas trocando energia via colisões binárias, os Modelos de Troca de Cinética consideram um conjunto de agentes econômicos interagentes que trocam de forma binária uma quantidade conservada chamado de riqueza.
+
==Introdução==
 +
A física estatística, em particular a teoria cinética dos gases, fornece uma estrutura útil para descrever a complexidade das interações de mercado. Da mesma forma que um sistema físico composto de muitas partículas trocando energia via colisões binárias, os Modelos de Troca de Cinética consideram um conjunto de agentes econômicos interagentes que trocam de forma binária uma quantidade conservada chamada de riqueza.  
 +
 
 +
Para iniciar a discussão, vamos supor que todos agentes tem inicialmente riqueza unitária, de forma que a riqueza está igualmente distribuída entre todos. Desta forma, seja um sistema com  <math>N</math>  agentes, onde o agente  <math>i</math>  é caracterizado pela riqueza  <math>w_i(t)</math> e pelo fator de aversão-a-riscos <math>\beta_i</math> no tempo  <math>t</math>, podemos definir uma troca de riqueza entre os agentes <math>i</math> e <math>j</math> —selecionados aleatóriamente, supondo que <math>i</math> ganha riqueza de <math>j</math>—, como <ref name=BENHUR> https://arxiv.org/pdf/1904.05875.pdf CARDOSO, B. F.;GONÇALVEZ, S.; IGLESIAS, J. R.; "WEALTH DISTRIBUTION MODELS WITH REGULATIONS: DYNAMICS AND EQUILIBRIA" </ref>
 +
 
 +
<center><math>w_i(t+1) = w_i(t) + \Delta w \qquad w_j(t+1) = w_j(t) - \Delta w</math></center>
 +
 
 +
==Referências==
 +
<references/>

Edição atual tal como às 13h56min de 25 de maio de 2021

Grupo: Bernardo Boatini, Murilo Kessler Azambuja e Natália Ferrazzo

Introdução

A física estatística, em particular a teoria cinética dos gases, fornece uma estrutura útil para descrever a complexidade das interações de mercado. Da mesma forma que um sistema físico composto de muitas partículas trocando energia via colisões binárias, os Modelos de Troca de Cinética consideram um conjunto de agentes econômicos interagentes que trocam de forma binária uma quantidade conservada chamada de riqueza.

Para iniciar a discussão, vamos supor que todos agentes tem inicialmente riqueza unitária, de forma que a riqueza está igualmente distribuída entre todos. Desta forma, seja um sistema com agentes, onde o agente é caracterizado pela riqueza e pelo fator de aversão-a-riscos no tempo , podemos definir uma troca de riqueza entre os agentes e —selecionados aleatóriamente, supondo que ganha riqueza de —, como [1]

Referências

  1. https://arxiv.org/pdf/1904.05875.pdf CARDOSO, B. F.;GONÇALVEZ, S.; IGLESIAS, J. R.; "WEALTH DISTRIBUTION MODELS WITH REGULATIONS: DYNAMICS AND EQUILIBRIA"