Latex, emacs, UTF-8 e acentos

De Física Computacional
Ir para: navegação, pesquisa

As vezes os acentos colocados no emacs usando dead-keys não são interpretados corretamente ao compilar com latex . Entendo que por uma incompatibilidade entre as codificações do ASCII estendido nesta fase de transição do latin1 (t1 ou ISO-8859-1) para o UTF-8.

Isto acontece mesmo tendo o

\usepackage{t1enc}

no cabeçalho do documento (ou outros pacotes equivalentes, como o "ae").

A maneira de consertar isso é ou usando outros pacotes para latin1 (t1 ou ISO-8859-1) ou o pacote com opção de UTF-8, assim:

\usepackage[latin1]{inputenc}

ou

\usepackage[T1]{fontenc}

para latin1 (t1 ou ISO-8859-1) ou

\usepackage[utf8]{inputenc}

para codificação utf8

e o problema deve se resolver.

---

As vezes, porém, é preciso converter o arquivo entre diferentes encodings, o que pode ser feito com o comando iconv. Por exemplo:

iconv -t ISO-8859-1 -f UTF-8 inputfile > outputfile

Há outras maneiras (retirado da lista TeX-br, colaboração de G. Weber):

De ISO para UTF:

recode -d l1..u8 arquivo.tex

De UTF para ISO:

recode -d u8..l1 arquivo.tex

Caso queira converter o arquivo para a acentuação do latex:

recode -d l1..tex arquivo.tex

Lembrete: o recode grava em cima do próprio arquivo. Para sua segurança, faça um back-up do arquivo antes de executar o comando, ou:

recode -d l1..tex < arquivo.tex

isso faz com que o resultado do recode seja mostrado direto na tela.