Econofísica

De Física Computacional
Ir para: navegação, pesquisa

Integrantes


Professores IF: José Roberto Iglesias, Sebastián Gonçalves

Alunos: Gaspar Machado Caon, Tobias Heimfarth, Vanessa Hoffmann de Quadros

Colaboradores externos: Guillermo Abramson e Marcelo Kuperman (CAB-Bariloche, Argentina),

Cristian Fernando Moukarzel (Mexico)


Estudamos modelos microscópicos entre agentes que intercambiam uma fração de seu capital de acordo a diferentes regras. Por simulação observamos a dinâmica e o estado final do sistema caracterizado pela distribuição de renda, o que identifica as diferentes economias possíveis. Os parâmetros que entram nos modelos são: poupança (save) ou aversão ao risco, proteção dos pobres (p ou f dependendo do modelo). Os modelos também podem considerar dois tipos de agentes (cooperadores e não-cooperadores) ou interações por classes (parâmetro u) Esses modelos e os resultados são separados a continuação por aluno:


Tobias

Gaspar

--última atualização: 03/09/2006

teste de gaspar

--última atualização: 21/08/2006

--última atualização: 30/08/2006

--última atualização: 24/04/2007

--última atualização: 01/05/2007

--última atualização: 22/05/2007

  • Agenda

- Traçar cortes na superfície que relaciona a riqueza final em função de riqueza inicial e risco

- Capital final x Risco: Fazer curva suave para 0.5<f<0.2 promediado sobre capitais inicias e juntar numa figura

- Melhorar estatística nos casos f<0.2

- Que grandezas representar em funçaõ de f?

 risco ótimo, risco corte, ...

- A correleação entre riquezas final e inicial é TRANSIENTE, porem os efeitos de MEMORIA dependen do f

 Então é razoável mostrar evolução temporal (do que??) para f diferentes 

- Simular regra do mínimo com um risco mínimo não-nulo (sugestão: risco mínimo de 0.3)

- Implementar reposição de agentes quando houver bancarrota

- Perturbação na evolução temporal: alteração de no meio da simulação para reacomodação do sistema


Tiago

Evolução da distribuição de riquezas: